O presidente Jair Bolsonaro determinou a suspensão dos radares móveis nas rodovias federais. O despacho foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (15). As informações são da Veja São Paulo.

Bolsonaro ordenou que o Ministério da Infraestrutura faça a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas, especialmente com relação ao uso de equipamentos estáticos, móveis e portáteis.

Segundo o despacho, o objetivo é “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos mediadores de velocidade”.

Em outro despacho, o presidente determinou que o Ministério da Justiça e Segurança Pública faça a revisão dos atos normativos interinos que dispõem sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ou seja, Bolsonaro determinou a suspensão do uso de equipamentos mediadores de velocidade estáticos, móveis e portáteis até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica.

Bolsonaro já havia dito que para ela, os radares móveis funcionam como uma “pegadinha” e um “caça-níquel”. (Dol)