Avanco desiste de comprar projeto de cobre em Carajás

0
580

A Avanco Resources concluiu os levantamentos eletromagnéticos em duas anomalias geoquímicas de superfície na área do projeto de cobre Planalto, localizado na região de Carajás, no Pará, e decidiu não ir adiante com a opção de adquirir 75% de participação do empreendimento da Lara Exploration.

“A companhia planeja revisar os resultados do trabalho realizado pela Avanco antes de decidir sobre os próximos passos para esse projeto”, disse a Lara em comunicado divulgado na tarde do dia (28).

No início de maio deste ano, a Lara Exploration assinou um memorando de entendimento (MoU, na sigla em inglês) com a Avanco Resources para a venda de opções relativas ao projeto de cobre Planalto. A AVB Mineração, subsidiária da Avanco, opera a mina Antas, na mesma região, em Curionópolis.

“Pelas cláusulas do acordo, a Avanco pode adquirir até 75% de participação no projeto Planalto por meio de pagamentos em dinheiro à Lara e custeando a exploração e desenvolvimento dos trabalhos”, diz o comunicado da Lara em maio.

Além pagamentos em dinheiro, a Avanco teria que assumir as obrigações da Lara em relação à compra dos direitos sobre o projeto, que foi feita em 2013. Caso isso ocorra, a participação da Lara no projeto Planalto será reduzida a menos de 10%, e será convertida em royalties de 2% do tipo net smelter return (NSR) pagável em ouro e 1% de NSR pagável em cobre ou outro metal produzido na área.

O projeto de cobre Planalto é composto por vários processos minerários em Canaã dos Carajás (PA) em áreas próximas à mina de Sossego, da Vale, e Antas, da Avanco. Trabalhos realizados em Planalto incluem amostragem de solo, que mostram duas anomalias de cobre no solo com mais de 300 partes de cobre por milhão (ppm). Uma dessas anomalias tem aproximadamente 1.300 metros por 900 metros, enquanto a outra cobre uma área de 2.900 metros por 300 metros.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here