Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Início Notícias Audiência pública discute proposta orçamentária 2015 na Câmara Municipal de Parauapebas

Audiência pública discute proposta orçamentária 2015 na Câmara Municipal de Parauapebas

Representantes dos poderes Legislativo e Executivo apresentaram em audiência pública à comunidade de Parauapebas nesta segunda-feira (8), no plenário da Câmara Municipal, a Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2015.

Participaram da audiência pública os vereadores Josineto Feitosa, Euzébio Rodrigues, Ivanaldo Braz, João do Feijão, Irmã Luzinete e Maridé Gomes, representando o Poder Legislativo; o secretário municipal de Desenvolvimento, Wander Nepomuceno, e Simônia Caetano Batista, adjunta da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão (SEPLAN), representando o Executivo; além de lideranças de entidades e de movimentos sociais de Parauapebas.

A audiência pública foi iniciada com a exibição de um resumo da LOA 2015, mostrando as principais dotações orçamentárias para as pastas de Saúde, Educação, Assistência Social, Agricultura, Infraestrutura, Gabinete e outras.

Dentro do que foi exibido em telão, foi explicado que a receita da CFEM (Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais) recebida pelo município de Parauapebas varia entre R$ 16 milhões e R$ 21 milhões mensais.




Em seguida, foi dado espaço para a comunidade fazer questionamento com relação à destinação de verbas para projetos de políticas públicas que venham beneficiar diretamente a população.

A proposta orçamentária para 2015 prevê investimentos na ordem de R$ 1,3 bilhão (cerca de R$ 200 milhões a menos que a Loa 2014), com reserva de 3% do orçamento total para contemplar as emendas dos vereadores, o que representa algo em torno de R$ 3 milhões.

De acordo com o que explicou o secretário Wander Nepomuceno, baseado na lei de responsabilidade fiscal, 17% da proposta orçamentária vai para a Saúde, 27% para a Educação, 50% para folha de pagamento e encargos sociais e os restantes 6% investidos em infraestrutura, como saneamento básico, coleta de lixo, abertura de estradas, segurança pública e pleitos de movimentos sociais.

A Câmara Municipal de Parauapebas tem até o dia 31 de dezembro para aportar as eventuais dotações orçamentárias à proposta orçamentária 2015, levar a plenário e aprovar a Lei Orçamentária Anual para o ano que vem.




Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Must Read

Polícia Federal indicia Lula e filho por lavagem de dinheiro e tráfico de influência

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o filho dele, Luís Cláudio, por suposto crimes de lavagem de...

Prefeito de Tracuateua é afastado do cargo

Prefeito de Tracuateua, Tamariz Cavalcante, é afastado do cargo e seu vice Zezinho Costa assume o Executivo. Juntamente com o prefeito também foram afastadas...

Por ‘ciúmes’ do marido, mãe mata a filha recém-nascida degolada

Uma mulher de 21 anos, da cidade de Rivne, na Ucrânia, está sendo acusada de degolar a própria filha recém-nascida após ter uma crise...

Câmara de vereadores de Parauapebas cria CPI para investigar a CELPA

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) foi instaurada na Câmara Municipal de Parauapebas com a finalidade de investigar os preços na cobrança dos tributos praticados nas contas de...

Vale reúne com comunidades de Parauapebas para esclarecer sobre barragens

A Vale está dando sequência as reuniões e visitas nas comunidades próximas às suas operações no Pará para falar sobre estabilidade de suas barragens...

Comentários