Canaã dos Carajás: Vale testa maior projeto de minério do mundo

1300

Marcos importantes do Ferro Carajás S11D, um dos maiores projetos da história da Vale, foram alcançados nos últimos dias. A mina, localizada em Canaã dos Carajás, no Sudeste do Pará, está com o seu sistema de operação energizado. No ramal ferroviário de 101 quilômetros, que liga a mina à Estrada de Ferro Carajás (EFC), todos os dormentes e trilhos foram instalados, o que permite a movimentação de locomotivas de construção para finalizar os últimos detalhes do trecho. Por sua vez, no Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís (MA), de onde chegará o minério de S11D transportado pela EFC, deu-se início à operação assistida da expansão onshore do porto.

O Projeto S11D, que inclui mina, usina e logística ferroviária e portuária, está com 79% de suas obras finalizadas e entrará em operação no segundo semestre. O avanço físico da mina e usina está em 90%, enquanto o da parte logística (que inclui o ramal ferroviário) alcançou 70%. Considerando apenas o ramal, o avanço das obras chegou a 92%. Os investimentos totais são de US$ 14,4 bilhões – US$ 6,5 bi, aplicados na implantação da mina e da usina e US$ 7,9 bi, referentes à construção de um ramal ferroviário, à expansão da Estrada de Ferro Carajás e à ampliação do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís.

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here