Sobre a denúncia feita pelo Conselho Municipal de Saúde referente à incineração de contraceptivos Implanon, e ao vencimento do Essure, a Prefeitura de Parauapebas esclarece:

A referida denúncia é mentirosa e irresponsável. As unidades de Implanon estão com data de validade em uso, com vencimento para final de 2017, e o Essure tem a garantia do fornecedor de troca do produto em caso de data de validade exaurida.

Segue em anexo cópia do Termo de Compromisso de Substituição de Produto,firmado entre Prefeitura de Parauapebas e a empresa Commed Produtos Hospitalares Ltda ainda em 2013, no ato da compra, referente à Nota de Empenho 18120021, Ordem de Compra 864/2013 e Contrato 20130654, que garante a troca do Essure, sem custos adicionais ao município.

Ressaltamos que não há e nunca houve, por parte da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), qualquer cogitação para a incineração dos referidos contraceptivos. Tanto o Implanon quanto o Essure são disponibilizados na rede pública de saúde do município para as pacientes cadastradas no Programa de Planejamento Familiar, do Sistema Único de Saúde (SUS).

Centenas de mulheres em Parauapebas já foram beneficiadas com esses métodos contraceptivos e atualmente são realizadas palestras de orientação, toda terça e quinta-feira, no Ceup, para mulheres interessadas na implantação do Essure.

Pelo menos 286 mulheres já estão cadastradas para realização do procedimento de implantação do Essure e 185 delas já estão devidamente habilitadas. As mulheres interessadas pelo Implanon ou Essure devem procurar a Unidade Básica de Saúde do seu bairro e solicitar o atendimento.

O governo municipal reitera seu compromisso com o recurso público e repudia toda e qualquer denúncia sem fundamentos, com o único e exclusivo propósito de interesses políticos e de atrapalhar o atendimento à comunidade.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here