Licença de operação concedida e maior mina de ferro do mundo começa a operar em 2017

1
441

A maior mina de minério de ferro do mundo, localizada em Canaã dos Carajás, sudeste paraense, começa a operar no segundo semestre de 2017. A informação foi repassada ontem, pela Vale, empresa responsável pelo projeto, após obter a licença de operação concedida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A estimativa é que ela extraia até 90 milhões de toneladas/ano de ferro, o que vai elevar em 30% a produção de minério da Vale até 2020.

O projeto batizado de S11D está sendo considerado o maior de minério de ferro da história. A licença de operação é válida por 10 anos e inclui mina para extração de minério de ferro, usina de beneficiamento, acessos, pilhas de estéril, diques e demais estruturas auxiliares. A Vale terá que cumprir 16 condicionantes previstas na licença de operação. Entre elas, o pagamento de uma compensação ambiental de R$ 47,5 milhões, a criação de uma unidade de conservação ambiental na região e a conservação de cavernas.

LICENÇA

A licença de operação é a última fase do processo, que teve início em 2009, quando a empresa solicitou o licenciamento ambiental, primeira fase para projetos desta natureza. De acordo com o Ibama, a liberação para funcionamento foi possível graças a “soluções ambientalmente favoráveis”, pela qualidade e quantidade de minério que será explorado na mina. O terreno onde está instalada é parte da Floresta Nacional de Carajás.

Comentários

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, faça seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui