A saúde de todo o pais vem  passando por momentos difíceis e a de Parauapebas não é diferente, mesmo após a inauguração da UPA, SAMU, Policlinica e do Hospital Geral de Parauapebas, algumas mudanças estão sendo feitas para diminuição de custos, é o que diz a nota enviada pela assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Parauapebas.

Com relação ao atendimento na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), esclarece que:

Em função da redução de custos por qual passa a Semsa, foi necessário realizar alterações no atendimento da referida unidade de saúde. Desde o dia primeiro do presente mês o atendimento para todos os casos na UPA é realizado somente no período diurno, ou seja, das 7 às 19 horas.

Os atendimentos no período noturno ficaram restritos aos casos graves, com entrada no prédio da UPA direto pela sala vermelha, especialmente os pacientes conduzidos pelas equipes do Corpo de Bombeiros e Samu. Além de atender os casos classificados como vermelho, a equipe do plantão noturno fará o acompanhamento dos pacientes que foram atendidos e precisaram ficar em observação na sala amarela.

A Semsa reforça que no período diurno o pleno atendimento é realizado com três médicos atendendo e com o funcionamento do laboratório, radiologia e farmácia. O portão principal da UPA fecha às 17 horas, para que os pacientes que estejam dentro do prédio sejam atendidos até o horário das 19 horas, quando encerra o período diurno.

A Semsa reforça que tais medidas foram tomadas para evitar o fechamento do Pronto Socorro Municipal e da UPA.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here